Categorias
Poesias

Consciência humana

Meu amigo, eu preciso lhe falar É que ta entalado Talvez você num me entenda Mas eu vou ter que falar Eu fui arrancado da minha mãe Do meu pai, da minha terra – E você não falou nada Fui estupradA, escravizado, morri aos milhões Por tortura, maus tratos ou na linha de frente das […]

Categorias
Poesias

Like-me

Estou a venda!!!!!!!!!!!!! Compre-me! Ou melhor, “like” a minha imagem cuidadosamente projetada para essa vitrine. Tenho as melhores medidas, o visú + original, o discurso melhor elaborado Medidas: PADRÕES. Altura: IDEAL Gostos: qualquer coisa que te impressione, já que não tenho identidade própria. Serei a companhia mais agradável, afável, amável… o mais inteligente e rebelde […]

Categorias
Poesias

Leila

Seu corpo molhado no meu pal mo a pal mo, apalpo, olfato tato a perna bambeia e o peito fica farto laços… de corpos sedentos eu quero vc! Sussurra meu nome me chama de De… Só se for D se fô D me denga me prenda, me renda eu pago pra ver Minha língua sedenta […]

Categorias
Poesias

Tantos “tantos”

são tantas vezes que a dor bate forte e vida parece perecer frente a angustia que a tempestade arrasta até mesmo as árvores de raízes mais profundas deixando apenas lama e escombros sob o lindo céu azul são tantos os momentos em que a estiagem seca o solo onde caminha a alma que se parece […]

Categorias
Poesias

VIOLÊNCIA AUTO INFLIGIDA EM 3 ATOS

Prelúdio em dó maior  Houve um dia, a poesia, de tão narcisista e vazia decidiu que agrediria, a esmo… a quem vesse primeiro no entanto, impossibilitada de notar outrem qualquer além de si violentou-se em frente ao espelho O que se ouviu nos arredores, então, foram as seguintes palavras: 1º ato Esta noite eu queria […]

Categorias
Poesias

Poeteiro

A poesia é uma luta injusta
De cinco elementos batendo em um
Repetidamente
Manuseando de um jeito tal

Categorias
Poesias

PROFECIAS PÓS-CONTEMPORÂNEAS

OPRIMIDOS(AS)(x)(@)(..)(” “)(?) do mundo: FRAGMENTAI-VOS!!! Até o ponto exato em que Tu, estranho à própria imagem refletida no espelho, não se veja mais Um, apenas cacos fluidamente fragmentados pela contingência desconexa de uma lógica essencialmente anti-essencial: Sem dor, conflitos e oposições… REPUDIAI a toda Identidade que lhe anula a Diferença, até que você – Medida […]