Categorias
COVID19's_writing Poesias

Nostalgia

Malungo, que saudade loka daquelas aulas e bate-papos deliciosamente sensuais em quem a gente joga um jogo de dentro com os/as presentes ao falar e ser falado em sincronia com os seus movimentos e expressões corporais, olhares, críticas, dúvidas, complementos, interrupções e outras rasteirinhas dialógicas e dialéticas que nos deslocam para além de nós mesmos! 
.
Desejo intenso, Kamugerê, daquelas falas acaloradas onde a gente diz, quase em transe, com o corpo todo, expelindo involuntariamente, até aquilo que de outra forma seria impudico, mas ainda assim, transborda, escorrendo quente pelos poros dilatados da palavra! 

Publicar artigo é tipo mandar nudes e a Live, sexo virtual, dão pra o gasto e até instigam outros níveis de interação… mas a presença desconcertantemente física de outrem… ah, que saudade!!!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.